Dúvidas quanto ao sistema elétrico

Caro @Gustavo, @Dardo, @edintruder, @Matheus e demais integrantes, primeiramente gostaria de agradecer por me oportunizarem fazer parte de tão seleto grupo, esperando que eu possa corresponder a altura com tamanha responsabilidade de trazer aos participantes algo a agregar, muito embora eu ainda me considere leigo no campismo com apenas 1 ano de estrada.

Agradecer por compartilharem suas histórias, experiências e causos por aqui, fazendo um grande trabalho de ajuda ao fomento do campismo nacional. Nestes últimos anos, dos livros que li, em nada se compara ao autor @Dardo, viajei junto nesses dias em que conheci o portal (http://campista.net), e foi incrível todos os relatos e fotos, também viajei a bordo do Balão e vou te contar, outro baita escritor aí, meus sinceros agradecimentos, e desejos de muitas outras viagens e relatos tão enriquecedores e que nos fazem transbordar de alegria e sonhar junto, o sonho de vocês. Somente a título de ser justo, também li alguns escritores coadjuvantes aqui, e que estão chegando forte, logo vão dar trabalho…kkk. Meu muito obrigado a todos.

Bem, chega de poetizar a coisa e vamos em frente…kkkk
Adquiri recentemente um novo trailer, haja vista, que o meu estava pequeno e já não comportava eu, a patroa e duas filhas. Esse novo equipamento está sendo fabricado e tem sua entrega programada para dezembro/janeiro. Agradeceria muito se pudesse contar com a colaboração e experiência dos amigos aqui, no que tange a parte elétrica, fazendo o meu novo equipamento ficar longe da tomada o maior tempo possível. Gostaria de saber qual o conversor e potência usar, tipo de bateria (estacionária ou as nobreak da Moura), qual controlador e potência, placas solares, fiação, enfim, como eu disse acima, sou leigo e gostaria de aprender com os amigos aqui. (Algumas coisas eu já defini lendo vocês, tipo geladeira 12v, aquecedor com a pilhinha lá, a torneirinha para esvaziar a água do aquecedor, o forno será a gás e o ar não tem como fugir, más será Inverter), e o trailer terá 5,30M. Muito agradecido mais uma vez por estar aqui.

1 Curtida

Obrigado pela mensagem, Sandro. Também me considero um “sortudo” por conhecer e conversar com esse pessoal experiente e viajado.

No que poder ajudar, fico a disposição. Os detalhes da elétrica são muitos, então sugiro ir pesquisando e colocando em prática aos poucos. Para uma autonomia confortável, eu sugiro como mínimo algo em torno de 500W em placas e 180Ah de baterias para armazenamento. O resto do equipamento (controlador, cabos, etc) tem que ser o suficiente para acompanhar isso.

Baterias estacionárias vão durar mais… elas são iguais a baterias de carro, porém com mais chumbo para que a deterioração completa demore mais. Por isso também são mais pesadas. Baterias li-ion são muito melhores para o uso em trailers e motorhomes, bem mais leves, a um custo também maior.

Vai mandando as perguntas que na medida do possível o pessoal aqui vai ajudando.

Grande abraço.

1 Curtida

Buenas Sandro, pessoal!
Obrigado pela consideração Sandro, e como diz Gustavo, eu que tenho sorte de poder aprender com as outras pessoas do foro; sobre a parte elétrica, considero que a quantidade de placas, quanto mais, melhor (no Guanaquito tenho o equivalente a 680 W em placas solares) para ter alguma independência nos locais de pernoite onde não dispomos de rede de energia 220 VAC.
Bem, as baterias do Guanaquito estavam ficando ruins, e as troquei por uma bateria de lítio, comprada na empresa Energy Source; a bateria tem a capacidade de 280 A, ou seja, tem 80 A mais do que as duas que tinha antes, e o melhor, pesa somente 22 Kg.
O modelo…http://www.energysource.com.br/produto3.html
Os resultados em termos de peso são fantásticos, já que o Guanaquito precisa fazer dieta (talvez o dono também…:roll_eyes::sweat_smile: , embora na eficiência, o resultado é melhor ainda; com ela carregada completamente, já no período noturno, tomamos banho 2 pessoas, usamos as luzes internas, a geladeira, 12 VDC, funcionou a noite toda, e assistimos seriados, via inversor, por quase 3 horas, e ao sair o sol, tínhamos amperagem sobrando, sem ter chegado na metade ainda da capacidade de descarga, segundo meus cálculos.
A parte ruim, pela velha teoria das compensações, é o preço, que custa o dobro do que as duas baterias de chumbo ácido que substituiu, más considero que dada a durabilidade, potencia e peso menor, vale a pena.
Aviso aos rodo navegantes; o processo de carregamento eh diferente das baterias de chumbo, pois não eh bom o carregador inteligente, e sim, o carregador de bateria comum, já que possui integrada na própria bateria, um sistema de monitoramento e control, chamado BMS, que corta sozinha a alimentação quando estiver completamente carregada, e nos controladores solares, o ajuste tem que ser muito preciso, pois os controladores solares são também carregadores inteligentes.
Mas nada que não de para consultar com o departamento técnico da empresa antes da compra, onde serão orientados de como proceder ao respeito.
Quem tinha me falado sobre esta bateria foi Rodrigo, participante deste foro (sim, aquele que nos deve ainda o final do relato da viagem para Mendoza) :smirk::grinning::joy: , e pesquisando a informação de Rodrigo, chegamos ao fato da compra da bateria de íons de lítio de 12V e 280A; tem uma bateria menor, de 140A, mais em conta, para quem não precisar de mais amperagem, embora para mim, a de 280A era mais interessante.
Sobre os outros equipamentos elétricos, tem muitas opções, mas, da uma olhada na https://www.60hz.com.br/ , onde eu comprei o controlador MPPT da Victron, ou na https://www.minhacasasolar.com.br/painel-solar , e tem mais lojas ainda, embora eu comprei coisas só deses citados, e me atenderam bem, mas repito, pesquisa bastante, que tem diversas empresas no ramo.
No que precisar estou pronto para tentar ajudar, embora acredito que Gustavo eh a pessoa que conheço que mais entende do tema; grande abraco, e parabéns pelo novo equipamento!

Dardo.

1 Curtida

Muito grato pelas informações @Dardo e @Gustavo, realmente para um leigo como eu no assunto, a ajuda de amigos sempre é bem vinda. Sabe quando você não sabe nada, mais nadinha mesmo? Então, é assim que me sinto quando me relaciono com a tal elétrica, quer dizer, eu sei trocar o chuveiro da minha casa e também já me meti a fazer uma extensão…kkkkk

Realmente as baterias de lítio são um show, porém, o preço ainda é um pouco salgado, e já disse até para a patroa que não quero presente de natal nos próximos 3 anos, para poder comprar uma dessas quando as que eu colocar agora estiverem ruins…:joy:

Lendo as experiências de todos aqui no site, montei algo como segue abaixo, e fico no aguardo das opiniões.

3 placas de 270W (https://www.minhacasasolar.com.br/produto/painel-solar-270w-byd-solar-byd270p6c-30-79345)
Inversor Epever Shi3000 24v P/ 220v 3000w Onda Senoidal Pura 60hz
Kit Controlador De Carga MPPT Epever Tracer 40a 4210 + Mt50
2 Baterias Moura Nobreak 12MN105 105ah
A fiação, irei seguir as dicas que lembro ter lido aqui, acho que o Gustavo postou, 16mm

Lembrando que a geladeira será 12V e o ar condicionado Inverter, e tenho 3 mulheres a bordo, e gostam daquele maledito barulhento secador de cabelo…kkk

1 Curtida

Alguns comentários sobre essa seleção, Sandro:

  • 3 placas de 270W é ótimo… não terás problema de energia nesse quesito
  • 3000W no inversor deve ser suficiente, se ele realmente entregar essa potência
  • Atenção nos 24V… eles facilitam a conexão entre o inversor e as baterias, mas provavelmente será necessário conversão para outros equipamentos 12V
  • Controlador de 40A não é suficiente para essa potência das placas… no mínimo 70A
  • 210Ah de bateria deve resolver a autonomia, mas atenção no peso: isso deve dar mais de 50kg, e bem concentrados… deve ser bem planejado para não causar problemas graves
  • A espessura dos cabos só dá pra confirmar sabendo a potência máxima a ser utilizada e a extensão do cabo entre bateria e placas, e entre bateria e inversor (esse último deve estar bem perto). Quando tiver esses detalhes manda que fazemos a conta.
1 Curtida

Obrigado Gustavo, vou partir para um conversor de 12V então.

O controlador de 70 não estou encontrando em um preço “justo”, mas vou achá-lo.

E com relação as baterias, não há muita opção ao meu sentir, vou verificar com a fábrica a questão do posicionamento ideal delas.

Muito grato por sua ajuda.

2 Curtidas

Boa noite,
Peço licença para uma pergunta:
Quem já usa placas fotovoltaicas há algum tempo sabe dizer se há diferença significativa de rendimento entre a posição fixa das placas sobre o RV - horizontal - e a mesma placa em relação mais favorável em relação ao sol .

Desde já agradeço.

Helvio

1 Curtida

Olá Helvio,

Há diferença sim, e eu cheguei até a fazer um projeto para um sistema móvel acima do trailer. Porém, logo me dei conta que a ideia não é boa… aumenta o peso e a complexidade do projeto, e é muito inconveniente de usar devido a altura e ao fato de que o melhor lugar com relação a direção do sol com frequência não será o melhor local com relação a posição de conforto dentro do ambiente onde o veículo estará estacionado.

Há uma alternativa bem melhor: superdimensionar as placas para que as perdas sejam esperadas e irrelevantes para o sistema funcionar bem. Dessa forma, não é necessário se preocupar com posição exata ou em levantar, baixar, ou com o perigo do sistema sair voando durante a viagem.

A sugestão feita acima de placas superiores a 500W já leva em conta uns 40% de perdas devido a posição, à sujeira que também será maior devido a estarem na horizontal (bom lavar com pano as vezes), e as perdas com cabos, etc. Nessas contas eu esperava sobrar no mínimo o equivalente a uns 300W reais na média ao longo do período.

Funcionou na prática com bastante conforto pra nós, e acho que para o @Dardo que também se baseou nessa conta básica para projetar o sistema dele. Claro, esses valores foram calculados para os equipamentos que esperávamos usar, e nossos equipamentos já tinham o objetivo de autonomia (geladeiras 12V, iluminação LED, etc). Se mantiver um inversor funcionando todo o tempo a conta vai ser outra.

2 Curtidas

Obrigado, Gustavo,
De fato procurar posição de melhor incidência nas placas em áreas mais estruturadas é complicado. Por outro lado uma tomada pode resolver o problema de carregamento das baterias. Essa preocupação de melhorar o rendimento das placas só faz sentido em acampamentos tipo meio do nada em que a autonomia é determinante.
Como tenho pensado em trailer de um só eixo, fico preocupado com a disponibilidade de espaço no teto; uma placa de 370 w tem aprox. 2x1, já considerada a estrutura. No teto de um Brilhante nem sei se cabem duas placas dessas.
Procurei alternativas de placas de melhor rendimento e só encontrei as da Sun Power, da California, que, para uma dada capacidade, são menores e mais leves devido à tecnologia de fabricação. Só que ainda não tive coragem de perguntar o preço…
Bom, vou seguindo aí com o meu projeto e mais uma vez agradeço os seus comentários.
Se na minha busca topar com alguma coisa interessante, posto aqui.
Abraços
Helvio

2 Curtidas

Essa também era nossa ideia inicial, mas na prática a situação se inverteu: só conectávamos na energia externa quando o ar condicionado era necessário, ou quando o trailer estava sob teto ou vegetação muito fechada. Em mais de um acampamento ficamos mais de uma semana parados sem conectar, e escolhemos o local sem se preocupar com energia. No Parque Santa Teresa a parte chata era a água só, mas nos melhores locais não há energia.

Espaço deve ter… se não der para colocar uma placa única devido as claraboias, também funcionam placas menores e em mais número.

2 Curtidas

Obrigado, Gustavo.
Bom conhecer sua experiência positiva com a autonomia de trailer.
Presumo que você fale do seu Balão, cuja saga acompanhei anos atrás. Já faz tempo e o que eu lembro é que por fim você ficou com duas placas de 270 W e três baterias de 63 Ah. Era isso ou me engano ?

2 Curtidas

Foi isso mesmo, Hélvio. O Balão tem duas placas de 265W cada, e começamos com duas baterias de 63Ah cada, mas sentimos falta de um pouco mais de sobra para aguentar os dias mais escuros. Com as 3 baterias nunca tivemos problemas.

2 Curtidas