Trailer Motorhome e o CAT

Cumprimento a todos os caros amigos caravanistas, inicio esse tópico com um breve resumo de como iniciou meu dilema a cerca desta.

  • Sou Porto alegrense nascido e criado na capital gaucha, tão urbano que o máximo de natureza que tinha contato era o parque da redenção a 30 metros de casa, sempre tive o fascínio por motorhomes, embora raros de se ver em ruas de grandes cidade eu os admirava, o primeiro contato foi por meio de uma revista que achei na rua com reportagem que falava sobre a saudosa combi Karmanguia, era uma época difícil, eu era criança e morava nas ruas, mas sabia ler, não tinha nascido mendigo, ali vislumbrei ter um teto novamente, e talvez barato que eu pudesse comprar, mas eu só tinha uns 11 anos. alguns anos se passaram até que eu tivesse idade para trabalhar legalmente então com muito esforço sacrifício consegui emprego sai das ruas e voltei a estudar, mas o aluguel em grandes capitais come na mesa, naquela época eu ja estava mais familiarizado com os preços dos motorhome mas havia a possibilidade de fabricar o seu, então chegou meus 18 anos, serviço militar obrigatório, eu estava cursando o primeiro mês de administração na faculdade mas queria servir, ingressei no Exercito CPOR ( Centro de Preparações de Oficiais da Reserva. {Tenentes temporários}.) . munido de minhas economias dei meu primeiro peitaço! fui a SP e comprei um ônibus.

era um viaggio alto branco 1992 (igual esse da foto abaixo) na época paguei 19 mil nele.

viaggio alto scania ano 90 www portalbuss com br blumenau sc brasil__310F46_1

-Eu já dirigia alguns exemplares de caminhões no EB uns caixa seca, 1113 e tinha dois VW na Companhia.
então dirigir não seria problema mais mim, todavia a vinda para casa parecia não ter fim, era estrada que não terminava mais, porem cheguei com segurança, morador do bairro Cidade Baixa a dificuldade que eu não calculei foi de achar onde deixar o respectivo, não demorou muito para a EPTC começar a rondar o ônibus, por ser grande ou atrapalhava a rua, ou a frente dos comércios ou prédios, eu realmente não tinha estrutura para deixar o ônibus e assim começar a passos curtos a transformação, fiquei com ele uns meses e tive que vender não teve jeito, abandonei o projeto por um tempo visto que realmente precisaria mais do que espaço e local adequado para por em pratica meu sonho,nessa altura da vida eu queria o motorhome para a sua real finalidade, não mais como pensava quando menino.

-O tempo passou e Porto Alegre deixou de ser aquela porto alegre tranquila, conheci minha esposa, ela é de um município costeiro a serra, jamais deixaria o sossego de uma cidade alemã do interior pela capital, e sim meus amigos, estamos no Brasil e tem municípios em nosso estado onde o idioma fluente falado é o alemão, é o Caso de Tupandi, Salvador do Sul, São pedro da Serra, harmonia, Feliz, Bom Principio, São Vendelino e mais uns 8 na volta, meu sogro e sogra falam muito mal o português e nasceram aqui, cada estado tem suas riquezas e as vezes procuramos fora.

-Enfim, evidente que nesses municípios a quase todos falam português, mas entre eles usam mais o alemão, mas vamos lá, decidi mudar para o Vale do Caí, eu, Judeu indo morar no meio dos descendentes Alemães, e casado com uma, em outras epocas eu estaria com problemas kkk.
Eu posso afirmar que a qualidade de vida é infinitamente superior, nunca mais voltaria a morar na capital embora eu esteja a 70 km dela, moro a 5 anos aqui. Por ter muito mais espaço disponível agora, voltei com a ideia do motorhome, cogitando inclusive a construção de um trailer para inicio, ja tenho ele desenhado tudo como manda o figurino, inicialmente iria rebocar com o que tenho disponível, Uma Chrysler Caravan de 7 lugares 3.3 V6 de 168cv a gasolina (essa da foto):

Mas… Cai na tentação de olhar o preço do ônibus e não vou ser feliz em um trailer de 3.50Mt, estou tentado a comprar um ônibus urbano mais novo, mas um ônibus, o espaço é muito convidativo, o trailer é bom mas sempre idealizei o motorhome, estou em contato com um modelo que gostei, um Caio Millenium 2006 em otimo estado por 20 mil

-Então esbarramos em um grande vilão! criado para dificultar a vida do reles mortal, o maldito CAT, existem uma reserva de mercado tão grande e tão forte que esta barrando todos de seguir com seus projetos, só emite CAT as empresas que cobram fortunas por seus equipamentos, com uma brecha na lei ainda se documentava motorhomes no Brasil, porem em janeiro de 2018 fecharam essa brecha, o mais famosos despachante a usa-la era o Sasso, mas agora só consegue documentar ESPECIE/COMERCIO não mais motorhome, ficando restrito aos amigos do Rei, ou a quem esta disposto a pagar pequenas fortunas a essas empresas que os fabricam, a lei é controversa e pisa na linha do ilegal, algumas liminares judiciais já permitiram emplacamento dos ônibus, mas cada qual tem sua interpretação da lei, estou pensando em arriscar e ver no que dá, penso que ainda deva existir quem venda o CAT mediante uma vistoria para certificar-se que a montagem esta em conformidade com o exigido, irei se tudo der certo nos próximos meses buscar o ônibus e compartilharei aqui passo a passo da montagem, assim como coletei muita informação em postagens aqui, também compartilharei do conhecimento que irei adquirir, é justo essa troca de experiencias, e se alguém souber de alguma empresa disposta a documentar como motorhome e poder me ajudar me indicando-a ficarei agradecido.
forte abraço aos amigos!

1 Curtida

Que história legal, Fernando!

Eu não vou conseguir ajudar na questão do CAT, mas vou ficar aqui torcendo para que de alguma forma saia esse motorhome. E o caminho parece bom… o preço desse veículo que tu achou é realmente convidativo… ainda mais pelo ano. Em uma empresa mais tradicional que fabrique motorhomes se paga isso só pelo ar condicionado de teto. :smile:

Dito isso, um detalhe a ser considerado e que tenho certeza que já deves estar pensando a respeito, é o tempo e custo para execução do projeto. Sei de um caso perto de nós com uma idéia bem semelhante a essa, em que o ônibus já trocou de mão algumas vezes nos últimos anos, e o projeto nunca saiu do papel. O ônibus continua lá, esperando o momento de virar motorhome.

Fora o CAT, já tens idéia do processo pós-compra, e de quanto tempo queres levar para executar ele?

Sério que em Janeiro de 2018 o governo deu mais essa rasteira no povo???

Vou assinar aqui o tópico para ver como andará essa novela!

Fernando, Não desanima!

@Gustavo após a aquisição estimo 12 meses para a conclusão, escolhi o caio Millenium pelo ano e com mecânica Mercedes que é mais barata, esse ônibus faz cerca de 4,5 por litro de diesel existe um outro modelo da Caio mais antigo que foi exaustivamente usado pela CARRIS em porto alegre que é mais econômico resistente e com um baita torque porem muito disputado no mercado de usados, chega a fazer 5km por litro e possui motor traseiro, modelo similar a esse da foto abaixo

entre os rodoviários e urbanos existe o prós e contras

RODOVIÁRIO “”"“VANTAGENS”"""

  • Maior Espaço de bagageiro inferior
  • maior altura das janelas referente ao solo
  • estiloso

“”""" DESVANTAGENS “”""""

-Mais pesado isso o deixa mais mais gastão

  • Mais caro se comparado ao ano
  • Pé direito interno mais baixo

Ja o urbano a vantagem é que na faixa de 20 mil reais se encontra modelos com motor traseiro suspensão a AR acima de 2004 com visual e mecânica moderna .
a Desvantagem é o porta malas baixo e ter que fechar a porta traseira.

Quanto aos detalhes tenho tudo já planejado a anos.

pretendo concluir o projeto em 12 meses.
o custo ficará na casa dos 20 mil reais ja calculado os possíveis imprevistos, isso não inclui a documentação.

O Segredo esta no planejamento e forte pesquisa acerca de preços, consigo MDF de 18mm com varias core e texturas por 100,00, assim como compensados navais e formica, com preços ótimos pois compro de um amigo que compra de seguradoras (carga recuperada) e chapas que sairam de linha de produção então ele compra e revende, aqui perto de casa é a fabrica dos moveis Kappesberg , então isso é meio caminho andado, a internet ajuda muito nesse aspecto, eletrônica comprarei pelo aliexspress e ebay assim como ML.
as janelas tenho um projeto banaca que postarei no decorrer do trabalho, cada uma me custará 95,00, os moveis sairá muito em conta pq já tenho o maquinário e estive praticando marcenaria ja a algum tempo aproveitando o preço em conta das chapas de MDF, fiz o painel de casa e nas lojas que temos



Essas foram alguns dos meus primeiros feitos! minhas cobaias iniciais para que eu pegasse a manha, pode parecer nada de mais para quem conhece o ramo, para para um Administrador de Empresas que só trabalha com planejamento números e legislação isso para mim é motivo de orgulho.
Sempre fui de por a mão! essa coisa de não da para fazer não é comigo, junte isso ao fato de eu ser perfeccionista ao extremo no final acredito em um bom resultado.

gosto muito de automatizar as coisas, em casa tenho comando pelo celular de varios aparelhos em um único app que comando por Arduíno, quero levar algumas coisas do tipo para o motorohome

terei 3 caixas d’agua, a potável de 600 litros a de detrito de 200 litros e uma terceira de 200 litros que será abastecida com a água do chuveiro e será usada exclusivamente na descarga do vaso.

por 3 meses coletei e mandei para analise a água que sai do ar condicionado
e o resultado foi que na pior das hipóteses da para bebe-la, as impurezas encontradas foram mais poeira e ferro, e o demais não representa riscos, então irei canalizar essa água para a caixa potável por gravidade, mas antes de chegar a caixa usarei um filtro de carvão ativo.

priorizo o conforto e autonomia, estou conversando com um cara que fabrica carretas agrícolas a gás vi que ele fez para um cidadão que tem um caminhão e leva cavalos para o rodeio uma adaptação de um gerador com um motor bem silencioso e que gera 1800w e consome pouco gás, se tornando em media 30% mais econômico que se fosse a gasolina, ainda quero comprovação mas vou estudar outras possibilidade como o gerador da branco inverter.
farei duas redes uma 12v e outra 220v
usarei inicialmente duas baterias Optima D31a de ciclo profundo de 200ah cada, uma amiga paraguaia consegue nova para mim por 1.300 cada pq compraria como sendo para ela, mas eu teria de atravessar a fronteira para instalar evitando assim a tributação.
as poltronas do motorista e passageiro ao lado do motorista usarei as da Chrysler grand caravan, tem um cara aqui perto vendendo a dele em peças ja conversei e vou negociar 4 bancos 2 deles com regulagens eletricas por 500,00 os bancos são iguais as do meu carro acima pretos

Screenshot_2

assentos individuais, muita coisa vou pegar de segunda mão porem em ótimo estado

1 Curtida

Sim @edintruder só os amigos do Rei ou quem tem essa pequena fortuna para poder pagar um novo.
mas ja me aprofundei na legislação e encontrei uma variável, da para documentar como CARROCERIA FECHADA COMERCIO/OUTROS NÃO ESPECIFICADO a interpretação fica vaga, outra opção é entrar com uma liminar pelo cerceamento que a lei impõem, mas vai do julgador, em ultimo casos se eu encontra alguma empresa disposta a vender o CAT me atiro.

1 Curtida

Eu sabia que os Urbanos nem com CAT emplacavam mais como MH.

Eu pessoalmente pegaria um mais antigo já documentado como MH. Tem vários por aí. Porém todo das décadas de 70 e 80.

Sobre o valor, eu quando fiz meu trailer, estimava 5.000,00 depois 10.000,00, depois 15.000,00 e a coisa passou longe dos 20.000,00 num trailer de 4,8m!!! Ainda faltam os painéis solares e preciso trocar pneus e baterias.

Creio que documenta sim, veja esse exemplo


foi documentado em 2011 Urbano, sendo emitido CAT não existe motivo para impedir o mesmo de ser modificado.

ATUALIZANDO:
falei agora com quem tem CAT e ele me disse que documenta sim, a Modificação agora é que:

Quem Tinha CAT assinava e documentava todos, agora mão mais, é um CAT para cada modelo de Veiculo o cara que eu falei não tem para o modelo CAIO MILLENIUM mas Tem para o COMIL CONDONTTIERE (FOTO)
9513b5f6b3ee475cb191c0e4c5c7b864

Que tbm é um modelo aceitável, a primeira conversa não vende o CAT mas vou namorando ele, vou visitar a fabrica dele e conversar pessoalmente, daqui a pouco da negocio

1 Curtida

Tenho um amigo que trabalha com aluguel de MH em São Leopoldo. Ele tem 7 MHs.

http://motorhomerui.com.br/

Pelo que ele me contou sobre isso, tem motores e modelos que não passam há muito tempo, então antes de comprar para esse fim precisava passar os dados do ônibus para o engenheiro responsável para ele avaliar antes. Entre as últimas restrições eram os urbanos e carrocerias marcopollo. O cara que vendia o CAT cobrava 7000,00 no ano passado.

O problema de andar com um ônibus transformado sem estar devidamente documentado é que pode acabar com a tua viagem num estalar de dedos. A PRF guincha sem dó, e depois para tirar do pátio leva anos em vias judiciais.

Se ligares para empresa que te falei, pede para falar com o Zé, e diz que eu te indiquei. Ele pode te ajudar com várias informações.

1 Curtida

@edintruder entendi, não tenho intenção de rodar sem documentação, entrei no site que passou mas esta fora do ar, sabe me dizer se esse cara que vendeu o CAT fez antes ou depois da montagem ?

Não sei no caso dele, mas o processo é sempre igual, precisa ir no CRVA pedir autorização para a alteração, daí encosta na oficina pelo tempo necessário, depois abre o processo junto ao CSV (Inmetro) com o laudo do engenheiro responsável (CAT). Após, retorna no CRVA com o CSV e CAT e finaliza a alteração com a vistoria.

Aí é onde moram os intermináveis problemas, pois se passa em um órgão vinculado ao Detran por pelo menos 3x, e eles não tem nenhuma vontade de ajudar, dessa feita é comum ir e voltar várias vezes, sempre com um problema novo que poderia ter sido apontado na primeira vistoria, porém a limitação mental/moral dessa gente extrapola qualquer limite da credulidade, tornando o processo todo altamente buRRocrático e complicado.

2 Curtidas

Pretendo fazer um MotorHome com Ducato, Master, Boxer ou Jumper, o único jeito sera comprando um CAT, as leis são criadas para serem corrompidas, fazer o que? vivemos num pais de leis que ferram o cidadão, então vamos atras do jeitinho.

1 Curtida

fernando como anda o projeto do motorhome?